Cascais reforça o estatuto do Cuidador Informal

4 de Julho de 2019
Isabel Ganilho

Em parceria com entidades locais a autarquia vai promover várias medidas de apoio aos cuidadores que passam por facilitar o seu descanso, por ações de formação e por apoios psicoterapêuticos.

As inscrições para o Programa Cascais Cuida estão abertas até ao próximo dia 12 de julho.

Esta iniciativa junta duas sub-redes da Rede Social de Cascais, o Fórum Concelhio para a Promoção da Saúde e a Plataforma Envelhecer Melhor em Cascais, que uniram esforços face à relevância desta realidade.

Capacitar o cuidador na prestação de cuidados

Os beneficiários do programa vão poder usufruir de ações de formação, ao domicílio, ajustadas às suas necessidades concretas.

Outro objetivo previsto por este programa é reduzir a sobrecarga ao cuidador na tarefa de cuidar, o que será possível através da atribuição de vouchers até 36 horas por ano. Quando o cuidador informal tiver que se ausentar poderá fazê-lo havendo a garantia que alguém irá substitui-lo. Para aliviar o desgaste psicológico decorrente da tarefa de cuidar, este programa também disponibiliza uma bolsa de sessões de apoio psicoterapêutico.

Os cuidadores informais interessados serão ainda integrados numa rede de apoio, constituída pelas instituições do concelho que aderiram a este programa.

Programa-Piloto

O Município de Cascais reconhece o papel fundamental dos cuidadores informais no apoio às pessoas em situação de dependência e, ao longo do tempo, tem financiado diversos projetos que contribuem para a redução da sua sobrecarga.

É neste contexto que surge o Programa Cascais Cuida, um programa-piloto em termos de política local, que complementa o Programa do Descanso do Cuidador do Serviço Nacional de Saúde.

Conhece alguém que necessite deste apoio? Partilhe esta informação.

Para mais informações contacte: Divisão de Promoção da Saúde: 214 815 285; Divisão de Desenvolvimento de Recursos Sociais: 214 815 276; Academia da Saúde: 214 815 511

Consulte o formulário de adesão aqui.

“Dê mais vida aos seus anos, viva saudável”

É o mote do Programa Vales Desportivos que arrancou no passado mês de junho em Cascais. Trata-se de mais uma iniciativa inovadora de apoio ao envelhecimento ativo, que pretende mudar a forma como é vista a prática de desporto entre as pessoas mais velhas, contribuindo para o reforço da sua saúde e qualidade de vida. Os munícipes com mais de 65 anos a residir no concelho e com baixos rendimentos, podem beneficiar de descontos para o acesso à prática de atividade desportiva.

Até ao dia 31 de julho, os interessados vão poder escolher entre uma série de modalidades que incluem o ténis de mesa, hidroginástica, kung-fú, ginástica de manutenção, zumba, yoga, entre outras, espalhados por vários equipamentos desportivos do concelho (consulte aqui os locais, modalidades e horários).

Sónia Garcia, técnica gestora do programa, realça o carater inclusivo desta iniciativa, que pretende juntar públicos de várias faixas etárias. “Em vez de criarmos serviços e projetos que se direcionam só para as pessoas mais velhas, aquilo que as novas linhas de política social defendem é criarmos contextos de mistura etária, onde pessoas de várias idades possam conviver”. Esta responsável acrescenta que, “no presente, já há muita gente que não se revê nas ofertas existentes do chamado desporto sénior e cabe ao estado desenvolver a inovação e adequar estas respostas.”

Nesta fase de arranque o programa conta com a adesão de dez organizações não lucrativas que, em diversas freguesias, vão facilitar o acesso dos seniores ao desporto, atraídas pela aposta neste crescente público-alvo e também pela vertente de responsabilidade social associada à iniciativa.

Para mais informações:
• Online: Site da CMC e da Academia da Saúde (www.academiadasaude.pt);
• Telefonicamente: Loja Cascais: 800 203 186; Divisão de Desenvolvimento de Recursos Sociais: 214 815 276; Academia da Saúde: 214 653 078; Linha Sénior: 214 576 768