Como funciona?

Conhecer a rede

A Rede Social é composta por:

  • Conselho Local de Ação Social (CLAS)
  • Núcleo Executivo (NE) do CLAS
  • Comissão de Estratégia 
  • Comissões Sociais de Freguesia (CSF)
  • Redes de parceria temáticas e territoriais, plataformas e consórcios

O Conselho Local de Acão Social (CLAS) é constituído por entidades públicas e privadas que formalmente aderiram à Rede Social de Cascais. É presidido pelo Presidente da Câmara Municipal de Cascais e tem como competências:

  • Promover iniciativas que visem uma melhor consciência dos problemas sociais
  • Promover a realização participada do diagnóstico social concelhio, do Plano de Desenvolvimento Social e dos Planos de Ação anuais
  • Fomentar a articulação entre os organismos públicos e entidades privadas, visando uma atuação concertada na prevenção e resolução dos problemas sociais
  • Avocar e deliberar sobre pareceres do Núcleo Executivo relativos à implementação de novas respostas sociais
Plenário do Conselho Local de Ação Social
O CLAS funciona em Plenário, através de um sistema de representatividade, no qual têm assento:
  • As entidades com uma intervenção significativa que abranja mais do que uma freguesia e/ou com acordos de cooperação para diferentes grupos-alvo, sob proposta do Núcleo Executivo
  • Os/As presidentes das Comissões Sociais de Freguesia
  • O/a conselheiro/a local para a igualdade de género
  • Um/a representante de cada uma das estruturas de parceria, sob proposta do Núcleo Executivo
  • 3 Entidades eleitas por cada Comissão Social de Freguesia de entre os membros não incluídos nas alíneas anteriores

O Núcleo Executivo (NE) do CLAS é um órgão de gestão dinamizador da Rede Social, composto por 7 elementos, tendo a representação obrigatória de um elemento da Segurança Social, da Câmara Municipal de Cascais, do Agrupamentos dos Centros de Saúde e de uma entidade sem fins lucrativos eleita entre os seus pares no plenário. Os restantes 3 elementos são eleitos através de lista no Plenário do CLAS por um período de 2 anos.

Atualmente, o Núcleo Executivo é constituído pelos seguintes representantes:
  • Câmara Municipal de Cascais – Isabel Pinto Gonçalves
  • Instituto da Segurança Social – Cecília Dionísio
  • Agrupamento dos Centros de Saúde de Cascais – Helena Gonçalves
  • SER+ Associação Portuguesa para a Prevenção e Desafio à SIDA- Andreia Pinto Ferreira
  • Centro Paroquial do Estoril – Mariana Formigal
  • Centro Social e Paroquial de São Domingos de Rana – Ana Ramalheira
  • CRID Centro de Reabilitação e Integração de Deficientes – Ana Sofia Cavalheiro

A Comissão de Estratégia é um órgão de decisão estratégica e tem como principais competências orientar e impulsionar estrategicamente a atividade da Rede Social, de acordo com os Planos de Desenvolvimento Social e as linhas gerais aprovadas pelo CLAS, colocar desafios estratégicos ao NE nas opções a adotar ao nível do Desenvolvimento da Rede Social e do Desenvolvimento Social de Cascais e promover a articulação entre os vários setores representados na Comissão de Estratégia com vista à prossecução dos fins da Rede Social. 

A Comissão de Estratégia é composta pelos seguintes elementos fixos:
  • Presidente do CLAS – Carlos Carreiras
  • Vereador com o pelouro da ação social – Frederico Pinho de Almeida
  • Vereadora com o pelouro da saúde – Carla Semedo
  • Presidente da Comissão Social da União de Freguesias Cascais Estoril – Pedro Morais Soares
  • Presidente da Comissão Social da  União de Freguesias Parede Carcavelos – Nuno Alves
  • Presidente da Comissão Social de Freguesia de Alcabideche – José Filipe Ribeiro
  • Presidente da Comissão Social de Freguesia de S. Domingos de Rana – Fernando Ferreira Marques
  • Instituto da Segurança Social – Cecília Dionísio
  • Agrupamento dos Centros de Saúde de Cascais – Barbara de Carvalho
  • Instituto do Emprego e Formação Profissional – Centro de Emprego de Cascais – Manuela Tinoco
  • Santa Casa da Misericórdia de Cascais – Isabel Miguens

Constituem membros eleitos da Comissão de Estratégia as seguintes organizações:

  • Centro Social da Paróquia de N.ª S.ª da Conceição de Abóboda – Laura Côrte-Real
  • Centro Social e Paroquial de São Vicente de Alcabideche – Rogério Fangueiro
  • Cercica – Cooperativa para a Educação e Reabilitação de Cidadãos Inadaptados de Cascais – Rosa Neto
  • Agrupamento de Escolas Matilde Rosa Araújo – Hélia Rodrigues
  • CUF – Francisco Gorjão

As Comissões Sociais de Freguesia (CSF) são constituídas por entidades que intervêm no desenvolvimento social da respetiva freguesia. São dinamizadas por um núcleo executivo próprio e presididas pela Junta de Freguesia respetiva.

No concelho de Cascais existem 4 CSF:

As redes de parceria são conjuntos de organizações que partilham objetivos de intervenção comuns. Podem estar agrupadas em função de temáticas (ex. saúde, deficiência, violência doméstica); de respostas (ex. creches; centros de convívio); de grupos específicos da população (ex. sem-abrigo, imigrantes) ou agrupadas temporariamente para executar programas e projetos (ex. Escolhas; DLBC)

No Concelho de Cascais existem 20 redes de parceria e consórcios:

Regulamento: