Financiamento organizações: Rede Social apresenta novos recursos

21 de Janeiro de 2021
helenabonzinho
Imagem com um estufa com vegetação e telhado de vidro que tem o título do artigo e o logo sustentabilidade, eficácia,fundos,diversificação

A Rede Social disponibiliza novos recursos que vão permitir às organizações diversificar as suas fontes de financiamento. Este investimento vai ser uma realidade já no mês de fevereiro. Trata-se de um conjunto de iniciativas conjugadas para reforçar a sustentabilidade financeira das organizações a longo prazo.

A primeira iniciativa é apresentação da plataforma Geofundos . Aqui encontra informação sobre oportunidades de financiamento, que fica disponível para as organizações através de uma personalização rigorosa, em função das características e objetivos de cada entidade definidas no momento da adesão.

A 11 de fevereiro, segue-se uma ação de formação que se centra no aperfeiçoamento de competências técnicas para as organizações elaborarem projetos robustos e com maior potencial transformador. O objetivo é que as organizações consigam elaborar projetos bem delineados, que aumentem as probabilidades de terem candidaturas vencedoras.

Como os processos de elaboração de candidaturas são por vezes exigentes para a realidade institucional das nossas organizações, que têm a maior parte dos seus recursos técnicos alocados à intervenção direta, a Rede Social vai conceder um programa de mentoria, com horas de consultoria técnica para a estruturação de candidaturas. Trata-se de um suporte técnico especializado e personalizado para que as organizações fiquem mais qualificadas na elaboração de projetos e apresentação de candidaturas a diferentes linhas de financiamento.

Estas ações inserem-se numa estratégia mais alargada para criar condições favoráveis para melhorar a sustentabilidade financeira das organizações. Estão no Plano de Iniciativas de Desenvolvimento da Rede e contribuem para a concretização do  Objetivo 5- Reforçar a Coordenação Estratégica da Rede Social de Cascais. Pretende-se dotar as organizações de conhecimento que viabilize uma rota de futuro, aumentando a capacidade de captação de recursos financeiros sem comprometer a qualidade dos serviços que prestam à comunidade.

Artigos relacionados: