Plataforma “Crescer Melhor” reune para preparar reabertura de creches em Cascais

18 de Maio de 2020
helenabonzinho

A Plataforma “Crescer Melhor em Cascais reuniu dia 11 de Maio e com a reabertura das creches prevista para 18 maio, o encontro foi importante para esclarecimento de dúvidas relacionadas com as regulamentações a que estes estabelecimentos estão sujeitos. Para responder a estas questões estiveram presentes o ACES Cascais (Autoridade de Saúde) ,Segurança Social e Câmara Municipal Cascais. A primeira como entidade convidada e as duas últimas são membros da Plataforma “Crescer Melhor”.

Muito se tem debatido sobre os constrangimentos impostos pelo uso de equipamentos de proteção individual e os efeitos que podem ter nas crianças, que encontram na creche, não só um espaço pedagógico mas também um lugar de convívio e afectos. Estas regras estão a ser encaradas com otimismo e a propósito do uso de máscara facial, Ana Ramalheira do Centro Social Paroquial de São Domingos de Rana entende que as barreiras na relação com as crianças podem ser ultrapassadas porque ” os olhos também sorriem”

Houve também a oportunidade de fazer um balanço partilhado das experiências e estratégias utilizadas pelas organizações e os seus técnicos para manterem o contacto com as crianças e famílias durante a fase do confinamento obrigatório. Foi consensual que os vínculos foram mantidos com o recurso a soluções “criativas, positivas e participadas”, sublinha Esmeralda Ferreira, da Câmara Municipal de Cascais.

É preciso estar atento às consequências da pandemia em algumas famílias em especial às mais desfavorecidas. “As famílias mais silenciosas são as que nos preocupam” referiu Carla Simões, da ABLA justificando que sejam as instituições a tomarem a iniciativa de prestarem apoio às famílias , evitando que as vulnerabilidades fiquem ocultas.

As 22 instituições presentes usaram a plataforma digital Zoom para realizar a reunião, pois nesta data, a maior parte dos técnicos ainda se encontrava em teletrabalho ou tinha o seu estabelecimento encerrado ao público. Contudo, mesmo retomada a atividade normal, os membros da Plataforma “Crescer Melhor” reconhecem os benefícios em manter encontros com recurso a meios tecnológicos: “Esta forma é fantástica para fazermos algumas das nossas reuniões” frisou Pedro Moirinho da Cooperativa Horizonte. Um dos objetivos das plataformas inter-institucionais é constituirem-se como espaços de partilha e planeamento da ação futura e os meios digitais podem contribuir de forma mais ágil para esta mobilização.